Educação Ambiental: Um desafio na construção e na conservação da Biodiversidade

Claudia Santana Andrade

Abstract


A Educação Ambiental(EA) representa um desafio na construção de valores,conservação da biodiversidade e integração do homem como protagonista na mudança do cenário da degradação ambiental.Este estudo investigou os aspectos dos saberes sobre a biodiversidade e sustentabilidade dentro da Educação Infantil (EI) buscando integra-los  ás Diretrizes Curriculares Nacionais e Legislações de apoio e investigar os conteúdos educacionais assim como suas aplicações. A construção lógica se baseou em revisão bibliográficas que analisou na literatura o material que foi extraído dos livros, revistas cientificas,periódicas  e acervos disponível na internet. As pesquisas evidenciaram que para integrar os conceitos e EA na EI se torna necessário utilizar matrizes curriculares como a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) pautada no conviver, Brincar,Participar, Explorar, Expressar e conhecer-se . São agregados eixos temáticos compostos por diferentes blocos a serem Trabalhados com todos os alunos, progressivamente, durante os seis anos- do Berçário I ao Pré. Prevista na Constituição de 1988, na LDB de 1996 e no Plano  Nacional de Educação de 2014, a BNCC foi preparada por especialistas de cada área do conhecimento, com a valiosa participação critica e propositiva de  profissionais de ensino e da sociedade civil.Dessa forma podem ser  exploradas as questões ambientais através da ação e observação, manipulação, experimentação, descobertas, compartilhamento de informações, mudanças de hábitos, acerca do cuidado com as plantas, animais e o meio que cerca a criança, nos espaços escolares e fora dele, despertando assim a consciência critica e  a responsabilidade do futuro adulto sobre suas ações  perante o planeta.

Palavras-Chave: educação ambiental; sustentabilidade;consciência.

Environmental  Education (EA) represent a challenge in the construction of values, conservation of  biodiversty  and integration of man as protagonist in changing the scenario of environmental degradation.This study investigated the aspects of knowledge about  biodiversity and sustainability within Early Childhood  Education (EI), seeking to integrate then into the National Curricular Guidelines and Legislation to support and investigate educational content as well as its applications.The logical construction was based on a bibliographical review that analyzed in the literature the material that was extracted from books,scientific journals, periodicals  and collection  available on the internet.The research evidenced that to integrate the concepts and EA in the EL it becomes necessary to use curricular matrices such as the National Curricular Common Base (BNCC) based on the living, Playing, Participating, Exploring, Expressing and Knowing oneself. Thematic axés are composed of different blocks to be worked with all the students, progressively, during the six years from Nursery l to Pre.Predicted in the Constitution of 1988, in the LDB of 1996 and in the National Plan of Education of 2014, BNCC, was prepared by specialists from each área of knowledge, with the valuable critical and proactive  participation of teaching professionals and civil society. In this way, environment issues can be explored through action and observation, manipulation, experimentation, Discovery, sharing of information, changing habits, caring for plants, animals, and the environmemt around the child in and of school spaces, thus awakening the critical  awareness and responsibility of the future adult about their actions towards the planet. Keywords: environment education;sustainability; consciousness

Full Text: PDF

Refbacks

  • There are currently no refbacks.