Prevalência de Doenças Cardiovasculares e Respiratórias em Idosos da Comunidade

Christiane da Silva Lessa, Francine Reis Tobias, Sheila de Melo Borges

Abstract


O objetivo deste estudo foi analisar a prevalência de doenças cardiovasculares e respiratórias em idosos em Unidades de Saúde Básica do Município de Santos/SP. Para isso foram avaliados 286 idosos da comunidade frequentadores de Unidades Básicas de Saúde do Município de Santos/SP participantes de um estudo temático intitulado: “Síndrome da Fragilidade: Identificação e monitoramento da vulnerabilidade em idosos usuários das Unidades Básicas de Saúde no município de Santos/São Paulo”. Dentre os 286 idosos, a média de idade foi de 72,99 (±7,1) anos, sendo a maioria do sexo feminino (n=223; 77,97%). Cento e noventa e dois idosos (67,13%) relataram possuir alguma doença cardiovascular, sendo a mais comum a Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) (n=186;65,03%). E, apenas 15(5,24%) idosos relataram ter alguma doença respiratória. Assim, foi possível concluir que houve uma maior prevalência de doenças cardiovasculares em relação a doenças respiratórias, sendo a sua principal a HAS.

Palavras chave: idosos, comorbidades, doenças cardiovasculares, doenças respiratórias.

The objective of this study was to analyze the prevalence of cardiovascular and respiratory diseases in the elderly in basic health units of the municipality of Santos/SP. For this were evaluated 286 elderly of the community of basic health units of the Municipality of Santos/SP participating in a thematic study entitled: "fragility Syndrome: identification and monitoring of the vulnerability in elderly users of the basic health units in the municipality of Santos/Sao Paulo". Among the 286 elderly, the average age was 72.99 (± 7.1) years, being the majority of females (n = 223; 77.97%). 192 elders (67.13%) reported having some cardiovascular disease, the most common being Systemic Arterial Hypertension (HAS) (n = 186; 65,03%). And, only 15 (5,24%) Elderly have reported having some respiratory disease. Thus, it was possible to conclude that there was a greater prevalence of cardiovascular diseases in relation to respiratory diseases, its principal being HAS.

Key words: elderly, comorbidities, cardiovascular diseases, respiratory diseases.


Full Text: PDF

Refbacks

  • There are currently no refbacks.