Uso de Unidade de Pronto Atendimento por Idosos da Comunidade

Elaine Ribeiro Olímpio, Letícia Nóvoa Gomes Pousa, Sheila de Melo Borges

Abstract


O trabalho visa analisar o perfil dos idosos usuários de UBS atendidos pela UPA nos últimos 12 meses, e verificar quais os motivos de saúde que os levaram a buscar este atendimento. Trata-se de um estudo descritivo, observacional do tipo transversal que integra o projeto intitulado “Síndrome da Fragilidade: Identificação e monitoramento da vulnerabilidade em idosos usuários das Unidades Básicas de Saúde no município de Santos/São Paulo”. Para contemplar os objetivos do presente estudo foram selecionados dados do questionário sociodemográfico, informações de saúde e informações sobre uso da UPA nos últimos 12 meses. Participaram 296 idosos, sendo 228 (77%) do sexo feminino, com mediana de idade de 73 anos, 142 (48%) utilizaram o UPA. Dos 142 idosos que necessitaram de atendimento pela UPA, 71(50%) idosos utilizaram apenas uma vez neste período, sendo a dor (n=27 19%) um dos motivos mais prevalentes pela procura do serviço, seguido de alterações da pressão arterial (n=18 12,7%).Um pouco menos da metade dos idosos estudas necessitaram de atendimento na UPA, sendo a dor o motivo mais prevalente para este atendimento, seguido do motivo da alteração da pressão arterial.

Palavras Chave: Idosos, Unidade de Pronto Atendimento, Unidade Básica de Saúde.

This paper aims to  analyze the profile of elderly users in the Basic Health Units attended by Emergency Care Unit in the last 12 months, and to verify the health reasons that led them to seek this service. This is a descriptive, cross-sectional observational study that integrates the project entitled "Fragility Syndrome: Identification and monitoring of vulnerability in elderly users of Basic Health Units in the city of Santos / São Paulo". In order to contemplate the objectives of the present study, data on the sociodemographic questionnaire, health information, and information on the use of the Emergency Care Unit in the last 12 months were selected. 296 elderly people participated, of which 228 (77%) were female, with the median age of 73 years, 142 (48%) used the Emergency Care Unit. Of the 142 elderly patients requiring UPA care, 71 (50%) elderly patients used only once in this period, being the pain (n = 27 19%) one of the most prevalent reasons for service demand, followed by changes in blood pressure (n = 18, 12.7%). A little less than half of the elderly patients needed care in the Emergency Care Unit, is the pain the most prevalent reason for this care, followed by the reason for the alteration of blood pressure.

Keywords: Elderly, Emergency Care Unit, Basic Health Unit


Full Text: PDF

Refbacks

  • There are currently no refbacks.