Levantamento de macroalgas em comparação com a qualidade da água na Baía de Santos - São Paulo

Danielle Garcia Araujo, Ana Luiza Gonçalves Ayres, Fabio Giordano, André Luis Faccini

Abstract


Macroalgas são encontradas facilmente em todo o ambiente marinho, mas com o aumento da população humana e da poluição, há uma influência na biodiversidade já vista em trabalhos antes publicados, outro fator há ser considerado é o aumento do tráfego de navios na região portuária, trazendo organismos de outros locais, ali não existentes, podendo se adaptar a região. Não há dados existentes sobre o monitoramento da água na região em relação as espécies de algas na Baia de Santos, como pH, temperatura, oxigênio dissolvido, materiais dissolvidos como, nitrito, nitrato e fosfato, amônia e silicato, fazendo relação com as algas encontradas. Com o material coletado houve uma comparação em diversidade e quais gêneros foram encontrados. Ao longo da Baia de Santos foram escolhidos quatro pontos dos vinte já coletados por Joly (1957), o primeiro a realizar esse tipo de pesquisa, dois pontos na ponta da praia (Santos) e dois pontos na Ilha Porchat (São Vicente). Outro trabalho já publicado sobre o assunto é de Oliveira e Berchez (1978) onde em comparação já houve uma grande diminuição no números de gêneros com um intervalo de vinte e um anos, e novos gêneros foram encontrados. Nesse trabalho foram encontrados onze gêneros, e nenhum dos parâmetros analisados foram encontrados fora do valor máximo permitido.

Palavras-chave: macroalgas, poluição, bioindicador, qualidade de água, Santos, São Vicente.

Macroalgae are easily found throughout the marine environment, but with increasing human population and pollution, there is an influence on the biodiversity already seen in previously published works, the increase of ship traffic in the port region is another factor to be considered bringing alien organisms that can adapt to the region. There are no systematic data on water monitoring in the region related to algal species in Santos Bay, such as pH, temperature, dissolved oxygen, dissolved materials such as nitrite, nitrate and phosphate, ammonia and silicate, and the algae found. With the material collected there was a comparison in diversity and which genres were found. Along the Bay of Santos, four points were selected from the twenty already collected by Joly (1957), the first to carry out this type of research, two points at the tip of the beach (Santos) and two points at Porchat Island (São Vicente). Another former work on the area is Oliveira and Berchez (1978) in which the comparison showed at that time great decrease in numbers of genera with an interval of twenty one years, and new genres were found. In this work eleven genera were found, and none of the analyzed parameters were found outside the maximum allowed value.

Key words: macroalgae, pollution, bioindicator, water quality, Santos, São Vicente.


Full Text: PDF

Refbacks

  • There are currently no refbacks.