Fitoterapia Racional: aspectos taxonômicos, agroecológicos, etnobotânicos e terapêuticos

Vanilde Citadini-Zanette, Mariana Possamai Della Colle, Renato Colares Pereira, Angela Erna Rossato, Maria Eduarda Alves Ferreira, Robson dos Santos

Abstract


A fitoterapia, além de provar a ação terapêutica das plantas, fornece um conhecimento popular proveniente de diferentes culturas, sendo o conhecimento e as práticas transferidas entre gerações e comunidades. No entanto, um dos obstáculos no uso de plantas medicinais é a sua identificação botânica, uma vez que apenas o conhecimento pelo nome vernacular pode trazer confusão no uso da planta correta. Com o objetivo de promover o intercâmbio de conhecimentos entre o científico e o popular, com foco em aspectos etnobotânicos, taxonômicos, agroecológicos e terapêuticos de plantas medicinais, em um contexto interdisciplinar, um projeto que liga Pesquisa e Extensão junto à Pastoral da Saúde da Diocese de Criciúma, Santa Catarina, se realiza na Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC) faz 15 anos, com a participação do Herbário Pe. Dr. Raulino Reitz (CRI) responsável pela identificação botânica.

Palavras-chave: conhecimento interdisciplinar, plantas medicinais, Pastoral da Saúde, identificação botânica.

Full Text: PDF

Refbacks

  • There are currently no refbacks.