Robô de Conversação Baseado em Inteligência Artificial para Treinamento na Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais

Athirson Passos Ferreira De Jesus, Douglas Augusto Nunes Da Silva, Jorge De Souza Jacintto Junior, Marcelo Barreto Buongermino, Nathalia Carolina Murat, Tatiane de Aparecida Oliveira Gouvêa, Luiz Antonio Ferraro Mathias

Abstract


Resumo: Este trabalho refere-se ao desenvolvimento de uma ferramenta de atendimento automático, cujo principal objetivo é auxiliar usuários a obterem de forma instantânea informações relacionadas à Lei Geral de Proteção de Dados. Automatizando o atendimento e respondendo perguntas de tal forma que as pessoas tenham a impressão de estar conversando com outra pessoa e não com um programa de computador. Para o desenvolvimento da aplicação, foi utilizada Microsoft Bot Framework™, uma plataforma própria para criação de bots capazes de interagirem naturalmente com usuários, a linguagem de programação utilizada foi o node.js. Para que haja uma comunicação em linguagem natural com o usuário, foi utilizado o serviço LUIS (Language Understanding Intelligent Service), que permite que a comunicação entre o usuário e o bot ocorra de maneira orgânica. Processamento de Linguagem Natural, também conhecido como PLN, é o meio que permite a interação entre as máquinas e a linguagem natural. Essa tecnologia possibilita que os robôs entendam e compreendam o que as pessoas falam, independente da forma e conteúdo. Seu objetivo é fornecer aos computadores a capacidade de entender e compor textos. “Entender” um texto significa reconhecer o contexto, fazer análise sintática, semântica, léxica e morfológica, criar resumos, extrair informação, interpretar os sentidos, analisar sentimentos e até aprender conceitos com os textos processados. Para armazenar as informações sobre a LGPD foi utilizado o QnA Maker como base de conhecimento. Em vista disso, a utilização do bot no ambiente empresarial obtém uma grande facilidade na busca de informações, além de dispor de um recurso inovador para as organizações.

Palavras-chave: Chatbot, Inteligência Artificial, Linguagem Natural, LGPD, Processamento de Linguagem Natural.

Conversation Robot Based on Artificial Intelligence for Training in the General Data Protection Regulation

Abstract: This work refers to the development of an automatic answering tool, the main objective of which is to assist users to instantly obtain information related to the General Data Protection Regulation. Automating service and answering questions in such a way that people have the impression that they are talking to someone else and not with a computer program. For the development of the application, Microsoft Bot Framework ™ was used, a proprietary platform for creating bots capable of interacting naturally with users, the programming language used was node.js. In order to have a natural language communication with the user, the LUIS (Language Understanding Intelligent Service) service was used, which allows communication between the user and the bot to occur organically. Natural Language Processing, also known as NLP, is the medium that allows the interaction between machines and natural language. This technology allows robots to understand and comprehend what people say, regardless of form and content. Its purpose is to provide computers with the ability to understand and compose texts. "Understanding" a text means recognizing the context, performing syntactic, semantic, lexical and morphological analysis, creating summaries, extracting information, interpreting the senses, analyzing feelings and even learning concepts from the processed texts. To store information about GDPR, QnA Maker was used as a knowledge base. In view of this, the use of the bot in the business environment makes it very easy to search for information, in addition to having an innovative resource for organizations.

Keywords: Artificial Intelligence, Chatbot, GDPR, Natural Language, Natural Language Processing.

 

 


Full Text: PDF

Refbacks

  • There are currently no refbacks.